Blog

Cálcio e magnésio são determinados em fertilizantes com procedimento diferente de outros elementos

fertilizantes,cálcio,magnésio



Equipamentos permitem realização de diferentes análises químicas


Cálcio e magnésio são determinados em fertilizantes, com o mesmo extrato, porém com o procedimento de determinação diferente, quando comparado a outros elementos. Para a extração de fertilizantes inorgânicos utiliza-se chapa aquecedora, e, para extração de fertilizantes, que contenham matéria orgânica, é necessária a utilização de uma mufla, para, a 500°C, ela ser queimada. A mufla também pode ser utilizada na determinação gravimétrica de Enxofre.

Para extração de Cu, Zn, Mn, Fe, Ni e Co pode ser utilizado o mesmo método de Ca e Mg e a determinação de todos os elementos pode ser feita pelo Espectrofotômetro de Absorção Atômica (EAA), o GBC SavantAA 2, ou o GBC XPLORAA 2, que utilizam lâmpadas de cátodo oco que emitem um feixe luminoso com um comprimento de onda específico ao do elemento que se quer analisar.

Dentre as técnicas utilizadas para quantificação em laboratórios de solo, este equipamento é muito sensível, além de rápido e preciso. Há também a possibilidade de se utilizar um Espectrofotômetro de emissão óptica por plasma indutivamente acoplado (ICP-OES) que é mais sensível que o EAA e realiza análises multielementares.

Também são realizadas em fertilizantes as análises de condutividade e índice salino, onde é necessário o uso de um condutivímetro, para se obter os resultados.

FERTILIZANTES ORGÂNICOS – Para fertilizantes orgânicos é necessária a análise de pH em solução de CaCl2, em que é indispensável o uso de um pHmetro, que, dependendo da quantidade de amostras do laboratório, pode ser o TEC-7 – Medidor de pH de bancada microprocessado ou o TEC-11 – Medidor de pH de 11 provas.

Em fertilizantes orgânicos também é realizada a determinação da capacidade de troca de cátios (CTC), em que são utilizados um agitador de Wagner e uma centrífuga. Na determinação de extratos húmicos, fúlvicos e húmico total também há a necessidade de centrífuga, estufa de secagem, pHmetro, agitador de Wagner e de banho-maria.

Os equipamentos citados permitem a realização, com precisão e qualidade, da maioria das análises químicas de fertilizantes minerais, orgânicos e organominerais.


SAIBA MAIS – Para saber mais sobre os equipamentos para análise de fertilizantes, baixe já o material completo e exclusivo sobre o tema.